O testamento de um cão que todos conhecemos

       Este é o testamento de um cão que todos conhecemos, mas que podemos nem todos conhecer presencialmente. É o testemunho de um cão que poderia ser o de todos. Este vídeo é para todas as pessoas que já tiveram um cão/ uma cadela na sua vida e que acabou por virar estrela no céu... Um vídeo que retrata um cão, mas poderia referir-se a qualquer outro animal, ou mesmo a pessoas. Não tenham medo de viver!.. Muito menos medo de amar!

a dog's last will + testament+ testamento de um cão + testemunho canino + blogue de animais de estimação + vida de pet + pedro e telma


       É certo que podemos não conhecer o cão que está presente no vídeo. Mas ele está representado em todos os cães do mundo. Só quem nunca soube amar, não sabe o que é perder o nosso melhor amigo. Uma dor que fica para sempre, se o amaram de facto. Não precisa ser o amigo que nos acompanhou da infância até casarmos. Estamos a falar do nosso melhor amigo. Pouco importa a duração. Era o nosso melhor amigo... e continua a sê-lo! Devemos todos ouvir a última vontade deste cão, que tão bem reconheceremos como nosso, ainda que nunca o tenha sido.
       É como dizem, os cães têm pouca duração de vida por já nascerem a saber o que nós levamos uma vida inteira para descobrir, como o significado da palavra amor. Por isso mesmo, acreditamos piamente que se um cão pudesse deixar o seu testamento, que o faria desta forma:

       Ambos tivemos um cão nas nossas vidas que durou pouco tempo na nossa casa. Cada um por seu motivo. Cada um de nós recorda o seu animal como se ainda ontem estivéssemos estado com eles. Conseguimos recordar vários detalhes e momentos definitivamente marcantes. Tão significativos que ainda hoje, passado tantos anos, nos lembramos dos seus detalhes e de todo o amor que nos deram. Sabemos bem o que é perder o nosso melhor amigo. Mas sabemos também que muitos outros, infelizmente, nunca puderam partilhar esse carinho com os humanos que os maltrataram. Sabemos que existem vários cães abandonados pelas ruas e pelos canis a sofrer por não ter uma família para dar e receber o seu carinho. É por todos esses animais que hoje escrevemos este artigo. Este texto foi escrito a pensar nos patudos caninos, mas podia perfeitamente adequar-se a felinos, ou mesmo a hamsters. Enfim, a todos os vossos amigos animais que merecem todo  o amor que lhes consigamos dar. Não deixem abater-se pela perda. Lembrem os bons momentos passados e todo o privilégio que foi ter convosco esse vosso melhor amigo. Não deixem de dar um lugar feliz, um lar, a outro patudo com medo de sofrer. Sofrer, sofremos sempre. Basta estar vivo para sofrer. Basta estar vivo para morrer. Não deixem de viver. Não deixem de amar. Esta é a vontade do vosso patudo. Esse é o seu testamento.

       Partilhem este texto com quem achem que o deve ler e ajudem-nos a debater este tema na caixa de comentários, pois gostaríamos muito de ler as vossas partilhas. Um bem-haja a todos quantos cuidam dos seus patudos com amor!
vida de pet

Sem comentários

Comentem com dúvidas, opiniões, novas ideias e sugestões e não deixem de partilhar também as vossas histórias. Responderemos assim que possível.

Com tecnologia do Blogger.